O Festival Europeu Science on Stage 2019 decorreu de 31 de outubro a 3 de novembro de 2019 em Cascais, sob o mote:
“Skills for the Future – Competências para o Futuro”

#SonS2019

Cerca de 450 professores dos ensinos básico e secundário, bem como educadores do pré-escolar, de mais de 30 países, reuniram-se de 31 de outubro a 3 de novembro de 2019 no Centro de Congressos do Estoril, para partilhar ideias, projetos e boas práticas na maior feira educacional de ciências da Europa, que contou com stands, workshops e apresentações em palco.

O festival teve o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, bem como o patrocínio de Mr Tibor Navracsics, membro da Comissão Europeia.

A organização foi do NUCLIO – Núcleo Interactivo de Astronomia, que representa o Science on Stage em Portugal, em colaboração com o Science on Stage Europe, e contou com o apoio da C. M. Cascais, da Direção-Geral da Educação, da Google Earth Outreach, da Airbus Foundation, da European Physical Society, entre muitos outros patrocinadores e parceiros.

A representação nacional, com cerca de 40 professores de vários níveis de ensino, foi a maior de sempre nestes festivais, com projetos em todas as categorias.

Estiveram também presentes convidados muitos especiais de importantes áreas da investigação científica, das novas tecnologias e do ensino, como o Professor de Astrofísica Gravitacional e Cosmologia Martin Hendry, o astronauta análogo Gernot Groemer, ou o coordenador das Celebrações da IAU 100 Jorge Rivero González, entre muitos outros. Leia a notícia sobre o festival neste site.

Para mais informações, visite o site do Festival sons2019.eu

Veja o Guidebook do festival

  Veja aqui as fotos do evento

Vencedores do European STEM Teacher Award 2019 nas diversas categorias

_

★ Portugal – “Educate to Innovate” – de Honorata Pereira (EPTOLIVA, Oliveira do Hospital) na categoria “Sustainable Development in Science
Education”

★ Alemanha – “We become insulation experts!” – de Silke Puda e Ricarda Rustige (Grundschule Birth, Velbert), na categoria “Science in Early Years”

★ Françe – “A mysterious cup” – de Jean-Brice Meyer, (LP2I, Jaunay-Marigny), na categoria “Low-Cost and Recycled Science”

★ Espanha – “Low-cost astrobiology studies” – de Maria Pilar Orozco e Juan Antonio Prieto Sánchez (Huerta de la Cruz school, Algeciras), na categoria “Astronomy and Space Exploration in Science Education”

★ Grécia – “Optical Tweezers: The Nobel Prize in Physics 2018 at your school” – de Michalis Orfanakis e Mikis Mylonakis (General Lyceum of Makri Gialos/Gymnasium of Koutsouras; IESL – FORTH, Heraklion), na categoria “Digital Literacy and Science Education”

★ Ucrânia – “Sensory integration in mathematics” – de Olena Kovalova (Secondary school №8, Kramators), na categoria “Inclusive Science”

★ Alemanha/Noruega – “Let’s build a sustainable future – together!” – de Ulrike Englert e Gerald Decelles III (Willibald-Gluck-Gymnasium; Skargerak International School), na categoria “Joint Projects”